Logo - Sesc Pantanal Estância Ecológica

Institucional

Notícias

Sesc Pantanal destina 10 toneladas de resíduos recicláveis e gera renda para 25 famílias de Poconé

17/05/2021
Fonte: Sesc Pantanal
Foto: Sesc Pantanal

Cerca de 10 toneladas de papel, papelão, tetra pak, alumínio, pet e plástico, consumidos no Hotel Sesc Porto Cercado, unidade do Polo Socioambiental Sesc Pantanal, foram destinados, nos últimos dois anos, à Cooperativa de Catadores de Materiais Reaproveitáveis de Poconé (Cooponé). A parceria, além de colaborar com o meio ambiente, garante o sustento de 25 famílias do município e incentiva a prática da coleta seletiva, neste Dia Internacional da Reciclagem (17/05).

“Sou grata à mãe natureza e a esta parceria em todo momento, pois recebemos uma quantidade expressiva de resíduos do Sesc Pantanal. Isso representa não passar fome, não ficar sem pagar minha conta de água e de energia. Representa ter pão em casa de manhã”, relata a catadora da Cooponé, Ilzabete Ventura Gomes, 54 anos, que trabalha há nove anos como catadora, de onde conquista a renda que sustenta sua família.

A reciclagem é o processo de transformação do resíduo sólido que não seria aproveitado, que envolve a alteração de suas propriedades físico, físico-químicas ou biológicas, de modo a atribuir características ao resíduo para que ele se torne novamente matéria-prima ou produto, segundo a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). A reciclagem, portanto, permite que boa parte dos resíduos gerados voltem à cadeia de valor, minimizando os impactos do descarte.

A superintendente do Sesc Pantanal, Christiane Caetano, explica que a gestão ambiental do Hotel Sesc Porto Cercado é norteada pela sustentabilidade e, para isso, criou-se uma política ambiental que direciona todas as atividades. "Além do envio de materiais para reciclagem, tudo o que é orgânico também passa pelo processo de compostagem na Casa da Reciclagem e vira adubo, doado para uma horta orgânica. É uma importante cadeia de desenvolvimento sustentável que funciona e beneficia a todos: pessoas e meio ambiente. Afinal, tudo está conectado”, enfatiza.

Nas cinco unidades do polo, localizadas no Pantanal e Cerrado, 100% dos resíduos recebem tratamento ou destinação adequada. Somente nos último dois anos, o Hotel Sesc Porto Cercado, o Parque Sesc Baía das Pedras, o Sesc Poconé, a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN Sesc Pantanal), o Parque Sesc Serra Azul e a Base Administrativa encaminharam 300 toneladas de resíduos para a Cooperativa Conexão Verde Vitória (recebem orgânicos), Projeto Fernisis (recebem óleo de cozinha), Máxima Ambiental (resíduos de saúde), Eco Ambiental (resíduos de obra), Ecodescarte (eletrônicos e lâmpadas) e o Centro de Gerenciamento de Residuais Cuiabá (recebe lixo).

Coleta seletiva em casa

O Dia Internacional da Reciclagem foi instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência, e a Cultura (Unesco) e busca estimular a reflexão sobre a importância de fazer o descarte correto dos itens que consumimos.

A engenheira Ambiental e Analista de Gestão Ambiental do Sesc Pantanal, Anny Silva, conta que o Brasil é um dos maiores produtores de lixo no mundo e, mesmo assim, a reciclagem ainda tem baixo índice. Por isso, toda iniciativa, até mesmo feita em casa, já faz a diferença.

“A separação entre resíduos molhados e secos, por exemplo, já colabora muito para o trabalho dos catadores. É algo que qualquer pessoa pode começar agora mesmo. Hoje é dia Internacional da Reciclagem, mas essa ação, feita todos os dias do ano, colaboram muito para o meio ambiente e para as pessoas que dependem desse trabalho”, ressalta.

Outras Notícias

Mais Notícias