Logo - Sesc Pantanal Estância Ecológica

Institucional

Notícias

Potencial do turismo de natureza pós-pandemia é tema da última live do Sesc Pantanal nesta terça-feira

23/06/2020
Fonte: Sesc Pantanal
Foto: Arquivo pessoal


Ambientes naturais, abertos e arejados, têm sido apontados como um dos segmentos com maior potencial para a retomada das atividades turísticas. Para abordar as perspectivas do setor neste cenário, ainda incerto, o polo socioambiental Sesc Pantanal realiza nesta terça-feira (23/6), às 20h (horário de Brasília), a última live da série do Mês do Meio Ambiente, com o tema “O turismo de natureza como oportunidade”.

O despertar para a conexão entre o ser humano e a natureza, potencialidades, desafios, perspectivas e o Pantanal no contexto do Turismo de Natureza no Brasil vão ser apresentados pelo especialista em Turismo Social no Departamento Nacional do Sesc, Alberto d'Aurea e a professora da Universidade Federal Fluminense (UFF), Fábia Trentin.

Conforme dados do Ministério do Turismo, anterior a pandemia, o Turismo era responsável por movimentar mais de 50 atividades econômicas, empregar direta e indiretamente 7 milhões de brasileiros, totalizando 8,1% da economia nacional.

“O turismo de natureza ou ecoturismo, atividade que tem por característica principal a fruição da viagem em ambientes naturais, abertos e arejados, tem sido apontado como um dos segmentos com maior potencial para a retomada das atividades turísticas no pós-pandemia. Por isso, é importante refletirmos sobre como aproveitar esta oportunidade para estabelecer novos marcos de sustentabilidade e responsabilidade social, alinhadas ao conceito de turismo social e de desenvolvimento, que propõem educação ambiental e retornos econômicos e sociais para os destinos turísticos envolvidos”, destaca d'Aurea.

Alberto d'Aurea integra a equipe responsável pelas ações de Turismo Social do Serviço Social do Comércio (Sesc) e, atualmente, ocupa a vice-presidência da Seção Américas da Organização Internacional de Turismo Social (ISTO Américas). É mestre em Sistemas Sustentáveis de Gestão pela Faculdade de Engenharia da Universidade Federal Fluminense (UFF) e bacharel em Turismo pela mesma Universidade. Seus principais interesses de pesquisa são o capital social promovido pelo turismo; a confiança e cooperação entre as partes interessadas; o turismo social e os impactos gerados pela atividade turística.

Fábia Trentin é professora Adjunta do Departamento de Turismo da Universidade Federal Fluminense onde integra o corpo docente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Turismo (PPGTUR) e do Bacharelado em Turismo. Atualmente, exerce a chefia do Departamento de Turismo e Coordena o Laboratório de Política, Governança e Turismo (LabPGTUR). É Doutora em Turismo, Lazer e Cultura na Universidade de Coimbra (2015); Mestre em Hospitalidade, linha de Pesquisa - Planejamento e Gestão da Hospitalidade (UAM); Mestre em Turismo: Planejamento e Gestão Ambiental e Cultural (UNIBERO); MBA em Gestão Pública Municipal (UNIFESP); MBA em Turismo: Planejamento, Gestão e Marketing (UCB). Áreas de interesse: turismo; gestão pública do turismo; política e governança no turismo; sustentabilidade e turismo; planejamento do turismo.

A transmissão da live acontece pelo Youtube do Sesc Pantanal (youtube.com/sescpantanaloficial) em formato de Ágora, que é um espaço para diálogo e reflexão.

*Mês do Meio Ambiente*

Neste mês, o polo socioambiental já ofereceu duas lives, que estão disponíveis no canal. A primeira tratou das “Ações para além do Dia do Meio Ambiente”, com a professora doutora em Geografia Física da Universidade de São Paulo (USP), Sueli Furlan e da bióloga e doutora em Ciência Ambiental, Cristina Cuiabália, gerente de Pesquisa e Meio Ambiente do Sesc Pantanal.

Com a presença do biólogo e professor doutor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Ibraim Fantin da Cruz e a jovem cientista Anna Luisa Beserra, responsável pelo desenvolvimento de uma tecnologia para tratar água em zonas rurais utilizando a luz do sol como recurso principal, a segunda live teve como tema “Engajamento jovem na busca de soluções: vamos falar sobre a água?”.

Outras Notícias

Mais Notícias